quarta-feira, 30 de março de 2011

Mais relançamentos do Chrome

Essa seria uma notícia de pouca relevância, não fossem os “agrados” e a curiosidade extra. Desde 2007 tem havido uma onda de relançamentos da banda americana de São Francisco, no caso apenas os álbuns clássicos têm sido reeditados, começou com o selo Noiseville, depois Cleopatra – que lançou os títulos e vinil também. Agora o selo russo Lilith entrou também no jogo, responsáveis por relançamentos de nomes de peso como Faust e Cluster, tanto em vinil como CD, os russos, para ter vantagem em relação às outras edições, relançaram os títulos em vinis de 180g, com faixas bônus e, para chutar o balde, incluindo o mesmo álbum em CD. Ou seja, você compra o LP e leva o mesmo álbum em CD pelo preço de um só, extremamente vantajoso, especialmente para quem possa ter dúvida entre um formato e outro.

Eu vou ficar surpreso mesmo quando passarem a relançar os títulos menos “populares” da banda, como o primeiro álbum de 76, Visitation, e os álbuns posteriores à saída de Helios Creed, guitarrista original da banda. Vale notar que existe uma quantidade expressiva de material da banda que só foi lançado em vinil, ok, isso não é exatamente um problema, mas muitos deles são raros hoje em dia, atingindo preços bem altos no mercado negro.

O som do Chrome é primariamente classificado como industrial, mas é comum serem incluídos no space rock, psicodélico, experimental, etc. Para quem gosta de música caótica, com guitarras distorcidas, samples aos montes, quebras de ritmo e uma séria obsessão por sci-fi, é diversão garantida.


Meet You In The Subway - agora como bônus da edição russa do Half Machine Lip Moves.


New Age - faixa de abertura do álbum Red Exposure, de 80.


Chromosome Damage - Faixa de abertura do álbum Alien Soundtracks, de 77.


Danger Zone - bônus do álbum Red Exposure.